AUMENTE O NÚMERO DE PEDIDOS NO SEU RESTAURANTE

Esse é o sonho de todo dono: Aumentar a quantidade de pedidos e a lucratividade do negócio.

AUMENTE O NÚMERO DE PEDIDOS NO SEU RESTAURANTE

Você sabe aproveitar as oportunidades que aparecem para aumentar as vendas do seu restaurante?

Saiba que elas podem surgir tanto do mercado, quanto dos seus clientes.

Multiplicar as vendas é o sonho de qualquer gestor ou dono de restaurante. Por isso, tenha foco nas estratégias, mas não deixe de estar atento ao seu cliente e, principalmente, ao que ele espera do seu restaurante.

O ponto central que vamos tratar nesse conteúdo vai além do volume de vendas. O resultado que procuramos e que você deve se preocupar sempre é: a qualidade das suas vendas e a satisfação dos seus clientes. Porque é isso que trará os resultados esperados para o fim do mês.

Observe como está o movimento atual do seu estabelecimento. Note o tempo médio de entrada, atendimento e saída de cada cliente, assim como o tempo para fazer e receber os pedidos. Está demorando muito, gerando filas?

Dê atenção a esses momentos para ter uma boa ideia do que será necessário melhorar para, aí sim, aumentar o movimento e a quantidade de pedidos do seu restaurante.

Você está pronto para começar a ter mais pedidos no seu restaurante? Então, vem com a gente conferir essas 9 dicas matadoras e super fáceis preparadas especialmente para o seu negócio.

9 dicas para aumentar o número de pedidos no seu restaurante


Seu restaurante anda vazio? Você abriu agora e ainda está sem movimento?

Veja agora, na prática, como fazer para ampliar as vendas, faturamento e lucratividade do seu negócio!

1) Crie um diferencial único para o seu restaurante

Preço baixo é bom, mas ele nem sempre será o seu diferencial. Afinal, seu concorrente pode abaixar o preço a hora que ele bem entender e aumentar a competitividade.

Seu diferencial está voltado para o seu conceito ou o modelo de operação do seu restaurante. Por exemplo: A qualidade e o tipo de pratos que serve, o bom atendimento oferecido, sua localização, o design e decoração ou até mesmo os seus horários de funcionamento.

Talvez ter um horário estendido no almoço de domingo seja o seu diferencial. Afinal, quem não gosta de dormir até um pouquinho mais tarde aos finais de semana?

Além disso, você pode ainda investir em opções diferenciadas no cardápio do seu restaurante. Opções que só o seu restaurante oferece! Pratos únicos são um grande atrativo e com certeza irão atrair mais pessoas, aumentando assim o seu faturamento médio.

Entender melhor sobre o seu diferencial é uma forma de atrair mais clientes e gerar mais pedidos para o seu negócio. Porque você pode explorar isso ainda mais ou mesmo alterá-lo, se o seu diferencial não chama a atenção dos seus clientes ou não é focado neles.

E só para deixar claro: O diferencial do seu restaurante precisa ser único e não barato! O seu preço baixo é uma estratégia comercial para que o seu negócio opere de forma saudável e sustentável ao longo do tempo.

2) Alimente o ciclo de compras

Você deve ouvir muito por aí sobre vender para novos clientes. Mas, o que precisamos focar também é na fidelização. Ou seja, aquele cliente que volta a comprar.

Então, para aumentar o número de pedidos no seu restaurante, tenha em mente que:

  • Você precisa vender mais para os mesmos clientes;
  • Você precisa atrair novos clientes para o seu restaurante.

Nota: Vale lembrar aqui que, atrair e conquistar um cliente novo é muito mais oneroso e leva muito mais tempo do que vender mais para quem já conhece seus produtos e serviços.

E esses dois casos é necessário que você estimule os pedidos. Mas, como fazer isso?

Faça uso dos cupons de desconto, programa fidelidade, promova anúncios segmentados para o seu público nas redes sociais e tenha estratégias de marketing e vendas. Você mantém os clientes da sua base consumindo mais e indicando novas pessoas, e alcança novos clientes potenciais.

O que era para ser apenas um pedido, vindo de uma única pessoa, se expande para os amigos, conhecidos e familiares. Ainda, se torna mais frequente.

Venda pensando sempre na venda seguinte. Aquela que vem depois do seu cliente ficar satisfeito com o sabor da sua pizza, ou do seu açaí, e do bom atendimento.

3) Ofereça promoções

Todo mundo adora uma promoção de comida, certo? Seja para comer fora de casa ou para pedir via delivery.

O hambúrguer do dia, a sobremesa mais em conta quando vem com o prato principal, ou uma promoção cumulativa para ter um produto ou um brinde após atingir certa pontuação.

Ao trabalhar com promoções para o seu restaurante, tenha em mente que é preciso achar o equilíbrio entre o que é barato para atrair e o que é barato por ser de má qualidade.

O que queremos dizer é que você não deve passar a sensação de que um produto está com o preço muito baixo porque ele é ruim. O equilíbrio está entre o barato suficiente para aumentar o consumo, sem parecer suspeito.

Ainda, você deve pensar no equilíbrio financeiro do seu restaurante na hora de oferecer uma promoção. Use de relatórios de consumo e estoque para saber o que você pode dar um descontinho a mais durante um determinado tempo para o seu cliente.

Avalie trabalhar com promoções diárias tanto para o seu restaurante físico como para a entrega. Como, cada dia da semana você pode oferecer um sabor de pizza mais barato no combo com um refrigerante 2l.

Ou o cliente que pedir até 4 entregas durante o mês, ganha uma sobremesa no último pedido.

Faça um bom proveito também de datas comemorativas, como Dia dos Namorados, Dia das Mães, Black Friday, Natal etc. Nessas datas você pode não apenas fazer promoções especiais, como “traga sua mãe e ganhe 50% de desconto”, mas você pode também investir em itens únicos do seu menu.

E se você criou qualquer promoção para o seu restaurante: divulgue. Use as redes sociais, coloque plaquinhas no seu restaurante, instrua sua equipe de garçons para informar sempre o cliente e, melhor, coloque a informação também no seu cardápio.

Sua promoção precisa ter visibilidade para atrair consumidores e gerar mais pedidos para o seu negócio.

4) Seu restaurante precisa de um delivery próprio

Se a gente tá falando em atrair e fidelizar clientes, o delivery também é um caminho. Você até pode optar por um delivery terceirizado, que te traz maior visibilidade, mas pense também em ter um delivery próprio.

Sabe uma das maiores vantagens de ter um delivery próprio no seu restaurante? O cliente é seu. Isso mesmo! As informações do cliente são todas suas.

Você tem todos os dados e consegue direcionar promoções e descontos exclusivos de acordo com os gostos dos seus clientes. Ainda, você fala diretamente com ele.

Ter a opção de delivery para o seu restaurante é aumentar o seu canal de vendas para aqueles consumidores que preferem o conforto e a praticidade de suas casas, com a sua comida indo até eles.

Isso sem contar com aquele consumidor que um dia ou outro precisa estender seu horário no trabalho e opta por pedir comida durante a hora extra.

Lembre-se de oferecer uma taxa acessível e certifique-se de que o seu restaurante tem a estrutura necessária para fornecer o serviço de delivery com máxima qualidade!

Nota: A praticidade de um cardápio digital combinada com a opção de delivery é sucesso garantido para o seu restaurante.

5) Torne o cardápio do seu restaurante mais atraente

Para aumentar o faturamento do seu restaurante, você precisa também trabalhar o seu cardápio. E o que isso significa? Basta você fazer com que o cardápio seja atraente o suficiente para que os seus clientes consumam mais.

Ressaltamos dois pontos principais para você praticar no seu menu:

  • Descrição dos produtos;
  • Fotos atraentes;
  • Evite destacar o preço.

Essa dica vale tanto para o cardápio do seu restaurante quanto para o seu cardápio digital: a descrição dos produtos faz uma enorme diferença na hora da escolha do seu cliente.

Uma descrição mais romantizada será um tiro certeiro.

Então, ao contrário de simplesmente descrever os ingredientes do seu Trio Especial como: pão, 3 hambúrgueres blend, queijo cheddar, salada e acompanha molho de ervas. Que tal usar uma descrição que fale mais do seu preparo, que desperte o desejo e dê agua na boca dos seus clientes?

"Nosso hambúrguer Trio Especial é o queridinho: pão brioche fofinho, 3 saborosos e suculentos blends de hambúrguer, fatias generosas de queijo cheddar entre as camadas de carne, alface e tomate frescos e a nossa maionese de ervas com toque exclusivo da casa."

E mesmo quando você não tem tantos ingredientes para detalhar, pense em falar sobre a experiência que o seu cliente terá com aquele produto. Use algo nesse sentido: “essa deliciosa sobremesa tem a combinação de sabores perfeita para o seu paladar”.

Outra dica interessante, principalmente para você que tem cardápio físico no seu restaurante, é não usar o cifrão (R$) acompanhando os valores. Quando você coloca o preço de maneira tão clara e explícita, você está lembrando o seu cliente de quanto ele tem que pagar. Isso pode levar ele a pedir menos opções. Foque na descrição dos seus produtos, sempre!

6) Invista em soluções de autoatendimento

Com o crescimento do seu restaurante e para não escalar seus custos na mesma proporção, é preciso pensar em como aumentar a eficiência operacional. Isso pode incluir:

  • Melhorar processos e otimizar fluxos internos;
  • Reduzir desperdícios tanto na cozinha como no administrativo;
  • Otimizar e investir em novos canais de vendas ou soluções para que os clientes façam o pedido.

Nesse sentido, a aposta no autoatendimento facilita os pedidos e torna essa experiência mais atrativa. Estando no restaurante ou não, os consumidores podem acessar o cardápio digital e ainda escolher o que pedir e como pagar.

As chances de vender mais para o mesmo cliente, aumentando assim o ticket médio, também são maiores uma vez que os consumidores passam a conhecer e navegar pelo menu.

Nos dias de hoje, investir em tecnologia é um grande passo para melhorar qualquer negócio e, claramente, o ramo dos restaurantes não ia ficar de fora. O cardápio digital é um recurso que chegou para ficar. Ele funciona de maneira simples, prática e intuitiva. Qualquer cliente consegue se adaptar e utilizar com facilidade, pelo próprio celular.

Por ter um design fácil de visualizar e sem a necessidade de ter que esperar por um garçom sempre que quiser fazer algum pedido, o cliente se sente mais confortável para pensar com calma e escolher sua refeição. Dessa maneira, também acaba lendo melhor o menu e pedindo mais opções que de outra forma não adicionaria em seu pedido.

7) Acompanhe e analise os pedidos do seu restaurante

Saber o que está dando certo, não só em termos de volume de vendas, é outra estratégia indispensável para quem quer vender mais e melhor. Fazer a gestão dos pedidos é, portanto, um dos pré-requisitos básicos para essa análise de qualidade e quantidade.

Se você já aplica a engenharia de cardápio, por exemplo, suas vendas já serão mais saudáveis. No entanto, é preciso reavaliar constantemente se isso está se traduzindo em mais pedidos e mais lucros. Isso porque as preferências dos consumidores também mudam com o tempo.

Outro fator muito importante é passar a conhecer mais seus clientes. Um pedido pode falar muito sobre um cliente porque revela informações não só do hábito de consumo (o que compra, quantas vezes compra), mas do seu perfil financeiro (principalmente no que diz respeito ao valor gasto e a forma de pagamento).

Isoladamente esses dados podem não representar tanto. Mas, a análise geral dos pedidos pode trazer importantes insights.

8) Ouça o feedback dos seus clientes

As avaliações dos clientes são uma das mais valiosas informações que você pode ter. Independente de ser uma estrela, uma nota ou um comentário é essencial saber o que os clientes pensam e como avaliam o seu serviço, a qualidade dos seus produtos, os preços e os demais atributos do seu restaurante.

Muitas vezes a percepção dos donos do negócio e da equipe é uma, mas a dos consumidores é outra. E são completamente diferentes. E, obviamente, esse desalinhamento pode custar caro, afinal você pode investir em algo que os clientes não querem, não precisam ou não pagariam. E investimento sem retorno, é gasto!

Portanto, os feedbacks que recebe são não só oportunidades de aprendizado, mas de melhoria. Independente se seu cliente elogiou ou só fez críticas ao seu restaurante.

Deixe também opção para sugestões. Nem sempre será possível atender a todas, mas é um indicador de quão bem os clientes também se sentem ao contribuir com o seu restaurante.

9) Faça uma gestão eficiente com um sistema para restaurantes

Não basta só ter a tecnologia a seu favor já que esta não faz todo o trabalho sozinha. Por isso, contrate pessoas responsáveis e experientes para que o seu restaurante funcione de maneira apropriada.

Melhor ainda se você conseguir pessoas específicas para cuidar de cada função! Ao invés de contratar um gerente e deixar que tudo caia sobre ele, divida as responsabilidades entre um gestor administrativo, um gestor para a cozinha, um chefe de garçons, e assim por diante.

Implementar um sistema para restaurantes engloba também outras funções, como a utilização do cardápio digital, da comanda eletrônica, de um sistema de delivery próprio e fiscal completo.

Contudo, é importante ressaltar aqui que ao começar a utilizar um sistema de gestão para restaurantes, como Yooga, você tem muitas vantagens:

  • Mais agilidade no atendimento;
  • Aumento no faturamento;
  • Maior satisfação dos seus clientes e colaboradores;
  • Rapidez na produção e entrega dos pedidos.

Mais do que isso, é possível implementar sistemas próprios para a gestão de restaurantes, bares, cafeterias, sorveterias, entre muitos outros tipos de estabelecimentos.

E agora que você já sabe os benefícios de ter um sistema próprio para restaurantes, que tal iniciar seu teste gratuito?