SISTEMA PARA RESTAURANTE: COMO ESCOLHER A MELHOR OPÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO?

SISTEMA PARA RESTAURANTE: COMO ESCOLHER A MELHOR OPÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO?

4 minutos para ler

Administrar um restaurante sem as ferramentas corretas é como chegar em um país onde você nunca esteve antes. Em alguns momentos você até acredita que consegue agir da mesma forma em que agia no seu país de origem, mas, depois você logo percebe que está diante de uma cultura completamente distinta, e acaba se perdendo, ao menos, é assim para parte dos empreendedores de food service. Com falta gestão acabam encerrando as atividades antes mesmo de completar os dois primeiros anos.

Antes de investir seu capital em qualquer ferramenta, você precisa fazer uma pesquisa. Afinal, não adianta gastar todo o rendimento da sua empresa e conseguir algo que só traga prejuízo.

Para ajudar a evitar esse problema, preparamos um guia simples para que você entenda como um software de gestão ajuda no seu restaurante, e descubra o melhor tipo:

1. Credibilidade

Para começar a escolha de um sistema para seu restaurante, verifique se a empresa que fornece o software é realmente confiável, e descubra quantos clientes ela atende ou já atendeu, se existem reclamações sobre ela nas mídias sociais ou Reclame Aqui, e o melhor: busque pessoas que utilizam o sistema e o que elas tem a dizer sobre.

Fazendo isso, a chance de você “cair em uma roubada” reduz drasticamente.

2. Facilidade de implantação do sistema para restaurantes

Depois verificar que é confiável, além de descobrir se ela possui um software  eficiente, é preciso ter em mente quanto tempo leva para a solução estar disponível para você.

Seu negócio exige pressa e quanto antes você puder começar a utilizar e adaptar sua gestão a solução, melhor.

O sistema Yooga por exemplo pode estar disponível para o seu restaurante em apenas 24 horas, sendo possível você testar imediatamente por 7 dias.

3. Usabilidade do sistema para o restaurante

Outra característica importante é validar se o sistema é eficiente e se conta com facilidade de uso .

Quanto mais intuitiva a solução e mais auto-explicativos os menus e botões melhor para você e para sua empresa.

4. Integração com outros aplicativos como Ifood

Muitos proprietários de restaurantes e delivery's possuem um delivery próprio, sem taxas de comissões, como por exemplo o que a Yooga disponibiliza.

Mas, também acaba utilizando em parte o Ifood, por ser um aplicativo que acaba gerando mais audiência e divulgação do negócio.

Por isso, é importante que o sistema possua essa integração.

4. Cardápio digital e Tecnologia de Comanda

De acordo com a pesquisa da E-commerce Brasil, 60,4% dos brasileiros pretendem usar as tecnologias de auto serviço em alguma compra. Quanto antes o sistema do seu restaurante estiver adaptado a essas tecnologias, mais simples será para que você escale seu faturamento médio e reduza os custos.

Com relação à comanda, é muito mais rápido, prático e organizado definir o pedido do cliente com apenas 3 clicks, ao invés de anotar em uma caderneta. Além de evitar "confusões" sobre pedidos, o garçom também economiza tempo, e pode atender diversas mesas.

5. Suporte disponível 24 horas por dia

Antes de escolher um sistema para seu negócio, verifique se elas contam com serviço de suporte todos os dias 24h.

Imagine a seguinte situação: são 21:00 horas, sexta-feira a noite, lotado de pedidos, e de repente, acontece algum problema no sistema. Quando você tenta ligar para a empresa, ninguém atende, ou deixam você escutando uma música de espera que nuca acaba... Que sufoco!

Conseguiu entender? Por isso é indispensável verificar a disponibilidade do suporte.

6. Controle ágil das vendas e do estoque

O sistema de gestão para restaurante emite relatórios completos, permitindo saber: quais itens geraram mais vendas, os melhores horários, além do desempenho dos garçons.

Assim, você pode ter noção clara de tudo o que está acontecendo no seu empreendimento, e se achar necessário, fazer mudanças.

Com todas essas dicas, acho que agora fica impossível você escolher mal o software da sua empresa, certo?

Mas para ter certeza que você escolheu bem, preencha o formulário,  e fale com um especialista gestão para restaurante e veja como trazer, uma gestão para seu estabelecimento em menos de 24 horas, ou teste gratuitamente por 7 dias.

7. Mensuração de resultados

A partir de bons relatórios e uma análise dos resultados, é possível parar para analisar os melhores investimentos a serem realizados. Mas, como fazer isso se você ainda precisa cuidar de outras questões dentro do seu estabelecimento?

Esse sistema deve oferecer uma ferramenta de acompanhamento financeiro, que analise desde o caixa até os pratos e ou produtos que dão mais retorno, além de melhores horários de vendas, e desempenho de garçons e ou vendedores.

Nessas horas, você entende qual é o melhor momento para contratar funcionários, reformar a cozinha ou abrir uma franquia também, ou até mesmo, em realizar ações com base nos seus produtos ou pratos mais vendidos.

Só é possível melhorar o negócio quando se sabe exatamente o que dá e o que não dá resultado dentro dele. O sistema Yooga conta com diversos indicadores, onde você não precisa perder o tempo em parar para analisar cada coisinha: o sistema já te fornece tudo. Não é sensacional?

7. Emissão de notas fiscais

Emitir notas fiscais é outro ponto essencial de um software para bares e restaurantes. A geração do documento deve ser imediata, sem atrapalhar a experiência do cliente com esperas.

Por isso, analise como o sistema emite notas fiscais e, principalmente, se ele está preparado para atender cenários diversos.

Todo e qualquer sistema para restaurante, independente do valor precisa ser compatível com relação às normas fiscais estabelecidas pelos órgãos competentes. Se o sistema não tiver essa compatibilidade: não perca seu tempo e descarte logo.

Por fim, observe também se a empresa fornecedora do programa busca atualizá-lo constantemente junto aos orgãos competentes, especialmente junto a Secretaria da Fazenda (SEFAZ).

8. Interface intuitiva

Existem diversos sistemas com várias funcionalidades, mas é difícil achar algum como Yooga, que conta com uma interface lúdica e simples de ser compreendida. É preciso que seja programado para promover uma relação simples em sua utilização, por mais complexa e grande que seja a sua estrutura interna.

Pense bem: quantos aplicativos você tem em seu smartphone que usa todos os dias e nunca precisou fazer aulas ou ter algum tipo de treinamento para utilizar?

Pois é, pense nisso antes de escolher um sistema, corre logo pro Yooga! Como dizia Leonardo da Vinci "a simplicidade é o último degrau da sofisticação", quanto mais simples, mais fácil, rápido e prático se torna.