10 PASSOS PARA MONTAR UMA HAMBURGUERIA QUE CAIBA NO SEU BOLSO

Uma hamburgueria que lucre ao fim do dia deve obrigatoriamente seguir esses 10 passos!

10 PASSOS PARA MONTAR UMA HAMBURGUERIA QUE CAIBA NO SEU BOLSO

13 minutos para ler

Hamburguerias são um modelo de negócio que está em alta e já mostraram que são um tipo de estabelecimento comercial que chegou para ficar. A fama toda se dá ao status do produto oferecido que deixou de ser visto como um lanche de rua, ou uma refeição da madrugada, para ser o prato principal. É um ícone da gastronomia no mundo todo e não há muito o que se contestar.

Entre as opções a serem oferecidas com hambúrgueres tradicionais, gourmets, vegetarianos ou veganos, e suas diferentes formas de preparo, claro que o sabor é a receita do sucesso. Mas para colocar em prática toda a funcionalidade de uma hamburgueria, algumas etapas devem ser observadas e seguidas na hora de criar o seu negócio.

Acompanhe o guia Yooga com 10 passos para montar uma hamburgueria que caiba no seu bolso, que gere lucratividade ao fim do dia e faça bastante sucesso com os seus clientes.


1 - Estude o segmento de hamburguerias

É preciso conhecer e dominar esse segmento. Se possível, faça uma pesquisa de campo e documente todas as informações adquiridas nesse processo. Hamburguerias são um tipo de negócio que precisa crucialmente de gestão e conhecimento do assunto. Não basta apenas saber fazer um hambúrguer maravilhoso e cheio de sabor.

Por isso, busque informações de mercado e pesquise incansavelmente o segmento. Faça um bom benchmarking, visite hamburguerias para buscar inspiração, liste pontos que te agradam e desagradam. Avalie as marcas que você tem contato e observe as formas de atuação de cada uma delas. Busque por assuntos relacionados aos modelos de produção e principalmente sobre as tendências do mercado de hambúrgueres. E o primordial, capriche no seu plano de negócios.

2 - Estruture um planejamento financeiro para o seu negócio

Qualquer modelo de negócio precisa ter um mínimo de planejamento para sair do papel. A elaboração de um plano serve tanto para você ter uma visão geral do seu projeto, quanto poder visualizar melhor os recursos disponíveis, necessários e as possibilidades para a sua hamburgueria.

Nesse planejamento você deve incluir:

Recursos financeiros - qual será o investimento inicial e o capital de giro do seu negócio?

Pessoas - definição dos valores de salário e comissões para os colaboradores.

Recursos operacionais - pensar em um local, ou mais de um no caso de filiais, os equipamentos, máquinas e materiais auxiliares que serão necessários para colocar a hamburgueria em prática.

Recursos de marketing - sua hamburgueria precisa de um nome. Inclua a criação e divulgação da marca no seu planejamento financeiro.

Custos fixos e variáveis são mutáveis de acordo com o modelo operacional do seu negócio. Planeje, gerencie, estime, determine os orçamentos e controle os custos. Esses são preceitos essenciais nessa fase inicial para a sua hamburgueria.

Para um melhor direcionamento na fase de planejamento, uma boa dica é buscar pelo suporte de consultorias especializadas ou utilizar os modelos de planilhas disponíveis pelo SEBRAE.

3 - Determine o seu público-alvo

Definir o seu público-alvo antecede o passo de pensar no modelo ou formato da sua hamburgueria, porque é essencial definir qual é o cliente perfeito para o seu negócio. Ou seja, qual público você pretende atender. E esse é um momento de analisar e saber reconhecer as oportunidades do mercado.

Identificando quem será o seu cliente, você tem a possibilidade de construir todo o seu empreendimento mais facilmente. Mas é sempre bom lembrar: quem paga para comer fora ou se desloca até um restaurante, não busca somente a alimentação. Esse cliente vai atrás também de vivenciar uma boa experiência. Quanto mais original, personalizada, especializada, divertida, humana e até mesmo empática essa experiência for, maiores são as chances de ser repetida ou mesmo compartilhada nas redes sociais.

4 – Defina qual será o formato da sua hamburgueria

Antes de se destacar na multidão, é necessário enquadrar a sua hamburgueria em um modelo de negócio. Seja fast-food, gourmet, franquia, delivery, loja única ou sociedade, é crucial traçar esse caminho antes de percorrê-lo, saber onde está o seu negócio agora e onde ele quer chegar.

O formato da sua hamburgueria poderá mudar todo o planejamento inicial, pois a partir do modelo definido, as estruturas operacionais podem ser totalmente diferentes. Como exemplo: uma hamburgueria delivery necessita de recursos operacionais que diferem de uma hamburgueria com atendimento em mesa ou balcão. No primeiro modelo mencionado seu investimento será voltado para estruturar, gerir e agilizar o atendimento delivery, bem como seu cardápio digital. Já para o atendimento em balcão e mesas, é preciso investir em equipes de suporte para auxiliar seus clientes na hora de realizar os pedidos. Uma boa notícia é que o gerenciamento de ambas têm algo em comum, o Sistema de Gestão e Delivery Próprio Yooga.

Não existe um modelo que é mais certo que o outro, ou que traz mais resultados. Aqui a questão varia muito para o quanto você está disposto a investir e o tipo de experiência que pretende oferecer.

Nota importante: seu concorrente está investindo nisso nesse exato momento!

5 – Estabeleça seus diferenciais

A etapa de estabelecer os diferenciais da sua hamburgueria é tão importante quanto definir seu nome ou marca. Como falamos, esse modelo de negócio chegou para ficar, por isso tem um mercado já bem aquecido e cheio de marcas já estabelecidas e bem posicionadas. Essas marcas têm suas características evidenciadas e constantemente afirmadas por seu público fiel.

Algumas hamburguerias de mais sucesso oferecem seus produtos com ingredientes rebuscados na receita, têm preparo artesanal ou partiram para invenções gastronômicas. Outras se destacam por ambientes cheios de personalidade ou por apresentarem entretenimento no local, atraindo um público específico.

Quer sair na frente? Faça o exercício de pensar quais seriam os seus diferenciais e o conceito estratégico. O hambúrguer é o carro chefe, mas você pode cogitar outros pontos a serem explorados: a arquitetura e layout do seu estabelecimento, o conceito da marca, o atendimento, as opções do cardápio, a localidade da hamburgueria, ou poderá unir tudo isso de uma vez.

E se com a leitura até aqui você já pensou em algum outro diferencial, fora esses que mencionamos, coloque em prática!

6 – Chegou o momento de montar o seu time de sucesso

Se vamos falar de equipe, já avançamos bastante até aqui. E não é necessário ser um expert em recrutamento de pessoas para saber que experiência e qualidade no serviço do cargo estabelecido garantem bom atendimento. Mais ainda, que equipe sólida e bem preparada também são um diferencial.

Além de se preocupar com a qualificação profissional de cada um dos colaboradores do seu time, é preciso cuidar para que todos proporcionem um excelente atendimento ao cliente. É ideal estabelecer um modelo de atendimento e que todos passem por essa preparação. O cliente precisa entrar na sua hamburgueria e se sentir bem acolhido, e manter esse bom relacionamento é um dos segredos de sucesso de qualquer negócio.

Aqui também é essencial citar a importância da contratação de pessoas para cada departamento. Na prática, por exemplo, criando um ambiente de uma hamburgueria de local fixo, que atende uma média de 40 a 50 clientes por dia, seria necessário os seguintes profissionais: 1 responsável pela cozinha, 2 chapeiros, 1 auxiliar de cozinha, 1 estoquista/expedidor, 1 caixa/administrativo, 1 auxiliar de limpeza e no mínimo de 2 a 3 garçons.

A contratação de pessoal dependerá do seu modelo de operação. Mas se não for possível contratar mais pessoas nesse momento inicial, não desanime. Comece! Comece pequeno e cresça conforme a sua demanda. Conte também com um sistema de gestão suave para alavancar ainda mais os negócios.

7 – Escolha a sua localização ou o ponto comercial

Podemos pensar em uma estrutura mínima para hamburguerias, que tenha: um salão para refeições, uma cozinha, um estoque, banheiros e um escritório administrativo. Parece muito pouco, certo? E é!

O sucesso de uma hamburgueria está na sua localização. E mais que isso, seu layout e arquitetura devem suportar a demanda de clientes, de atendimento e favorecer toda a operação. Então podemos entrar em uma etapa abordada anteriormente aqui: Qual será o formato da sua hamburgueria?

Hamburguerias caseiras se encaixam muito bem tanto em conceito, como estrutura, seguindo modelos de foodtruck e foodbike, ou mesmo em garagens. Logo, é fundamental que você escolha a localização e o ponto de acordo com seu modelo de negócio, diferenciais e conceitos da marca. A partir daí a estrutura deve ser bem planejada e acessível para o fluxo de clientes, colaboradores e fornecedores.

E se você precisa de uma dica para definir onde será a sua nova hamburgueria: a sua melhor localização é onde o seu público-alvo está!

Pense em um estacionamento, pontos para bicicletas ou mesmo um espaço pet friendly. Sua proposta também deve gerar características próprias para esse ambiente. Então coloque seus planejamentos de marketing e financeiro em prática, porque sua hamburgueria deve caber no seu bolso.

Tem dúvidas sobre gestão financeira? Confira nosso canal no YouTube!

8 – Alinhe seu cardápio e preços dos produtos

Para ter uma hamburgueria lucrativa você precisa também de um cardápio irresistível. E não referimos à ideia de que ele seja cheio de opções. Ele deve ser enxuto e focado no que é bom.

E é legal ter acompanhamentos? Respondemos com uma batata crocante e quentinha, acompanhando o hambúrguer da casa e um molho caseiro especial.

Definir quais serão os produtos, acompanhamentos, extras, bebidas e sobremesas também é um diferencial para o seu negócio. Avalie inovar trazendo elementos diferentes e sabores mais inusitados. Pesquise e faça testes de paladar. Quanto mais você testar e buscar técnicas para aprimorar o sabor, mais próximo ficará do status cliente apaixonado.

Já os preços, devem seguir o seu planejamento de marketing. Use de estratégias de markup para definir a margem de custo e o valor percebido. Serviços com alto valor agregado justificam preços mais caros, por exemplo, mas precisam corresponder às expectativas dos clientes, temos um conteúdo sobre "psicologia dos preços" no nosso Instagram para te auxiliar nessa escolha.

9 – Crie sua marca e invista em marketing

A marca deve estar refletida tanto nos materiais gráficos, quanto no layout e decoração do próprio local. Lembre-se de consultar os profissionais indicados para falar sobre o registro da marca e também criar um Plano de Marketing.

Para que a sua hamburgueria seja reconhecida no mercado ou na sua região de atuação, é preciso criar uma marca conceitual única e fazer investimentos em publicidade. Aconselhamos você a investir bastante no on-line, pois com ele você terá um "ROI" imediato.

Ter uma estratégia de marketing pode ser o segredo para vencer a sazonalidade comum deste mercado. Lembre-se, cadência é o verdadeiro resultado. Dê uma “cara” para a sua hamburgueria e estabeleça uma linha de comunicação com seu público-alvo.

10 - Reinvista sempre na sua hamburgueria

Para se manter no mercado, é indispensável reinvestir na sua marca. Buscar inovar nos produtos, no cardápio, no ambiente, no atendimento e na experiência dos clientes.

Não pense você que conquistar o espaço no mercado será uma tarefa fácil. A concorrência está sempre em crescimento e não há outra maneira de se destacar, a não ser sendo a melhor hamburgueria, prestando o melhor serviço e vendendo os melhores produtos.

E aí, faltou alguma coisa?

Esse checklist foi escolhido especialmente para você começar!
O que falta para você dar o start?