FUJA DA CRISE! APOSTE NO MARKETING DE BAIXO CUSTO

Com a massificação da tecnologia, fica mais fácil aparecer gastando pouco.

FUJA DA CRISE! APOSTE NO MARKETING DE BAIXO CUSTO

Que vivemos em tempos de crise, não é novidade para ninguém! Realmente as coisas andam difíceis e a cada dia recebemos notícias de restaurantes encerrando suas operações. E o que tem causado esse movimento? Insegurança política e falta de confiança dos consumidores são algumas causas que podemos citar.

Mas, e aí, o que deve ser feito? Qual direção seguir? Mudar o quê no meu modelo de negócios ou canais de vendas? Tempos de crise são tempos de reinvenção e o seu estabelecimento pede uma ação. É como um "se vira nos 30"!

A notícia boa é que existe uma saída para os restaurantes: investir em ações de marketing de baixo custo. Com a massificação da tecnologia, fica mais fácil aparecer gastando pouco. Claro que é necessário exercitar um pouco mais a sua criatividade, manter os pés no chão e ter disposição para colocar as ações em prática.

Foque nos seus pontos fortes

Você já fez a análise dos seus pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças? A famosa análise SWOT, ou FOFA, é uma ferramenta de planejamento estratégico e de marketing, usada para analisar cenários e embasar tomadas de decisão. Ela costuma ser usada pelas empresas antes da implementação de algum projeto de impacto para o negócio.

A análise proporciona um diagnóstico completo da situação da própria empresa e dos ambientes que estão no seu entorno, para que você corra menos riscos e saiba aproveitar as oportunidades.

Mas afinal, o que significa SWOT? É a sigla formada pelas iniciais das palavras Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças). Em português, muitas pessoas a chamam de análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

Dica importante: Use sempre seus pontos fortes nas suas promoções. E-mail, Facebook, divulgações internas, entre outros. E lembre-se, pontos fortes que valem a pena a divulgação são os que carregam o seu diferencial. Bom atendimento, cortesias e ter um ambiente limpo, por exemplo, não te diferenciam dos seus concorrentes, pois são pontos obrigatórios para qualquer restaurante!

As necessidades das pessoas mudaram. Faça uma lista de todas as soluções que seu restaurante oferece, levante os problemas que seu público tem urgência em solucionar e explore esse caminho. O match perfeito entre a sua marca e seu público-alvo pode estar aí.

Use as redes sociais

As redes sociais têm um apelo visual gigantesco. E se você tem um restaurante, sabe que uma boa foto chama muita atenção. Use isso a seu favor! Mas ideia não é só aparecer nas redes. Mantenha um bom relacionamento com o seu público e ofereça informações que sejam úteis e relevantes, e que vão além dos seus produtos e serviços. Desenvolva conteúdos de valor para seguidores que já estão ali e para os que ainda vão chegar.

Além de manter a popularidade nas redes, hoje é possível criar campanhas pagas e direcioná-las exatamente para o seu público-alvo. Você consegue escolher para quem o anúncio será direcionado e adequar o tom e linguagem para esses públicos em específico. O que garante um resultado melhor e com menor custo. Além disso, existem objetivos de campanha para aumentar o engajamento com a sua audiência.

Com seu próprio Instagram, sem dificuldade, você cria esses perfis para a sua marca. Mas lembre-se, eles vão ser a cara do seu restaurante para muita gente, então invista um pouco de tempo na criação e na administração desses anúncios.

Pare de usar cupons de desconto sem estratégia

Antes de criar qualquer cupom você precisa ter um objetivo claro e criar uma estratégia para essa promoção, saber qual cliente você quer atingir, quanto vai investir e quanto tempo vai durar. E tempo de duração é fundamental. Se sua promoção não tiver um fim, você perde a credibilidade e vira aquele famoso "pela metade do dobro". Sabendo disso, você consegue divulgar de forma mais assertiva.

Um layout mais promocional também fará toda a diferença. A identidade visual cria o elo na comunicação, tende a prender a atenção do consumidor e o estimula para uma ação. Por isso, não se esqueça das paletas de cores e elementos para ajudar na divulgação.

Ao final da promoção você precisa medir os resultados. Lembre-se: quem não mede, não cresce! E somente sabendo quais foram os resultados, poderá afirmar se a sua promoção foi positiva ou negativa.  

Dica 1: Criar cupom para ser usado no dia que menos vende nem sempre vai ser efetivo. Talvez o seu cliente já não pediria naquele dia de qualquer forma. Então, se isso acontecer, comece a criar cupons nos dias em que ele esteja propenso a comprar, pois isso torna a oferta matadora! Você tira ele do seu concorrente e faz com que ele lembre de você até em dias que não consumiria nada.

Dica 2: Fique atento com datas específicas e comemorativas da sua região e crie promoções para elas, não apenas em datas clichês. Olhe a data de aniversário do bairro, dia do estudante, festa da escola, entre outras opções. Explore promoções diferentes que, dessa forma, você atrairá novos clientes.

Dica 3: É importante saber o quanto você pode dar de desconto em cada promoção para não ter prejuízo. Não vá de acordo com o que seu concorrente faz. Porque isso pode ser um tiro no pé do seu negócio. Tenha controle do seu financeiro, do seu custo, para só então definir sua estratégia de desconto. Com o sistema de gestão Yooga você tem controle de todos os seus números, inclusive do financeiro, com relatórios completos.

Use seus ativos

Ativo é tudo aquilo que gera valor no seu negócio. E restaurantes têm um grande ativo pouco explorado: seus fãs. Isso mesmo!

Talvez você não tenha se dado conta, mas existem clientes que atravessam a cidade para provar a sua pizza ou o seu sushi. Use isso em benefício ao seu negócio. Marque clientes em postagens no Facebook , mas sempre com a autorização deles, claro. Grave testemunhos deles falando do que gostam no seu estabelecimento. Coloquem em prática uma dessas opções ou as 2 juntas. É grátis e tem um resultado ótimo. Esse tipo de ação é importante, porque a rede de relacionamentos do seu cliente tende a dar importância ao que ele fala.

E já que estamos falando sobre usar a força dos clientes, uma estratégia eficiente e de bons resultados é usar pessoas de influência. Não falamos aqui do digital influencer, o que precisaria de um alto investimento. Mas sim, de uma pessoa do seu bairro que tenha muitos seguidores e goste do seu produto, ou até mesmo alguém da sua cidade. Mande seu produto para essa pessoa, sugira a ela que experimente, que dê um feedback e peça para que ela poste algo sobre em suas redes sociais.

Estratégias de fidelização

Você já colocou em prática alguma estratégia para fidelizar seus clientes? Sabe qual produto o João ou a Maria mais compram com você? Não?! Então saiba que ter o controle do que os seus clientes gostam e enviar mensagens personalizadas com esses ganchos, geram boas conexões.

Fidelidade e relacionamento estão sempre em alta nos negócios e não é a toa. Faça seu cliente se sentir único e você terá ele retornando sempre. Esteja próximo, surpreenda, conheça a fundo suas preferências e isso te levará até mesmo à antecipação de seus desejos. A grande ideia da fidelização é o seu cliente ter a percepção de que você quer que ele volte, e que o dinheiro que ele investe em produtos e serviços que você oferece terá algum retorno, um algo a mais para ele.

Por isso, aí vai um grande clichê que dá MUITO CERTO: o programa de fidelidade. Tenha um sistema de fidelidade, controle quantas vezes cada pessoa comprou e recompense-a por ser fiel ao seu estabelecimento, com bônus, descontos, ofertas exclusivas e brindes. Dessa forma, ambos serão beneficiados. Leve esta estratégia ganha-ganha para o seu negócio!

Saiba mais sobre o programa de fidelidade do sistema de delivery Yooga.

Fale com as pessoas-chave

Fale com as pessoas certas, aquelas que podem trazer mais clientes para você. Entenda melhor o que isso quer dizer com esses 3 exemplos: porteiros, motoristas de táxi e concierges são pessoas que podem alavancar as suas vendas.

Mas, por que esses grupos em específico?
Esses são públicos em contato constante com outras pessoas e podem ajudar na divulgação do seu restaurante.

Uma dica para ser colocada em prática:
Se você mora em uma cidade que recebe muitos turistas, sejam recreacionais, ou turistas de negócios e eventos, procure as cooperativas de táxi da sua cidade. Faça o acordo de pagar comissão para cada cliente que um taxista levar para seu estabelecimento. Ao mesmo tempo, peça para deixar seus panfletos no táxi, na recepção de hotéis e em outros estabelecimentos, para pedidos via delivery.

E se você ainda não tem um sistema de delivery para o seu restaurante, essa é uma Oportunidade lá da sua análise SWOT que está deixando passar. Fale com a Yooga e descubra como gerenciar seu negócio de forma simplificada para vender muito mais!