QUAL É A MARGEM DE LUCRO DE UM RESTAURANTE?

Se você é responsável por um restaurante, com certeza vai precisar ter controle total sobre essa métrica.

QUAL É A MARGEM DE LUCRO DE UM RESTAURANTE?

Quando o assunto é administrar um negócio, existem várias questões para se preocupar, e uma delas é a margem de lucro.

Se você é responsável por um restaurante, com certeza vai precisar ter controle total sobre essa métrica, porque ela quem direciona o seu negócio para o sucesso ou para o fracasso.

Não é nenhum exagero da nossa parte aqui. Afinal, a margem de lucro é a responsável por analisar a situação financeira do seu estabelecimento.

Saber quanto lucra um restaurante por mês é essencial para administrar com sucesso nesse ramo de alimentação.

Assim, todo dono de restaurante precisa ter em mente que, para ter êxito nesse mercado, é preciso investir e manter preços competitivos para que os clientes continuem frequentando o local.

Será que existe algum modo de saber qual a margem de lucro ideal para um restaurante? Você provavelmente pensa ou já pensou (ou ainda irá pensar) nessa questão.

Todo tipo de gasto e ganho do restaurante precisa ser anotado e essas informações irão levar a um cálculo para descobrir qual a lucratividade que está sendo gerada através das suas vendas no restaurante.

É muito importante acompanhar esses valores para saber o que fazer, onde investir, onde cortar custos etc., para tornar o seu negócio mais duradouro e cada vez melhor.

O que é necessário, então, para entender qual a margem de lucro ideal para um restaurante?

Veja abaixo as nossas dicas. A última delas é a melhor!

Qual é a receita do restaurante?

A receita é o dinheiro que seu restaurante gera.

Mas não confunda a receita com a margem de lucro - que é a quantidade de receita que sobrou depois de você ter pago todas as suas despesas operacionais - receita é o dinheiro que entra em seu negócio por meio de qualquer um de seus fluxos de receita.

Isso inclui vendas de alimentos, vendas de bebidas, mercadorias, pedidos on-line, pedidos por telefone, cartões-presente, bens de consumo embalados e muito mais

E o que é margem de lucro?

Para quem já está por dentro dos negócios há algum tempo, essa pode parecer uma pergunta boba, mas ainda assim, não importa a experiência que você tenha, é importante começar aprendendo sobre essa definição (ou apenas lembrando com clareza do que se trata).

De maneira bem simplificada, a margem de lucro é o percentual de ganhos obtidos a partir das atividades do negócio. Quando o cálculo é feito de maneira incorreta, é certo que o restaurante irá falhar nas questões financeiras.

Essa margem de lucro serve, principalmente, para ajudar a determinar o valor que um produto deve ser vendido para que você não tenha prejuízos e consiga ganhar bem sem precisar fazer vendas a um preço inacessível ao público geral.

Além disso, o cálculo da lucratividade ajuda a avaliar cada produto individualmente, assim como planejar estratégias para melhorar seus ganhos usando o que você já tem dentro do restaurante.

Mais do que isso, a margem de lucro é essencial para a gestão do restaurante e ajuda a saber se o seu negócio está indo bem, mostrando se você tem condições para investir mais ou se é necessário realizar um plano de corte de custos.

Por que é importante calcular a margem de lucro do meu restaurante?

Saber a margem de lucro de um restaurante é essencial. Você precisa de um controle como este para se manter vivo. Saber sua margem de lucro é avaliar se estabelecimento está financeiramente saudável.

Também pode indicar quanto pode ser reinvestido para expandi-lo ou oferecer mais produtos, por exemplo. Lembre-se de que a margem de lucro é um dos componentes da sua gestão. Então, é tão importante quanto seu controle de caixa, por exemplo. Seu restaurante só vai funcionar bem com todas as peças no lugar, ou seja, se todas as suas finanças e administrativo estiverem funcionando bem.

Faturamento x Margem de Lucro

Especialistas indicam que uma boa margem de lucro para o segmento de restaurantes gira em torno de 20%. Para chegar ao lucro, precisamos deduzir do nosso faturamento todos os custos que envolvem o funcionamento do negócio, como por exemplo:

  • Aluguel;
  • Água;
  • Energia Elétrica;
  • Telefone;
  • Internet;
  • Compra de mercadorias/pagamento de fornecedores;
  • Pagamento de funcionários;
  • Material de limpeza;
  • Material de escritório;
  • Equipamentos e software de gestão;
  • Marketing.

Gerir uma empresa, pode não ser uma tarefa fácil, quando não utilizamos os melhores recursos disponíveis no mercado. Controlar todas as receitas, despesas, níveis de estoques e muitos outros itens, pode tirar o sono do empreendedor. Em muitos casos, não é possível nem mesmo conhecer em detalhes os resultados do restaurante.

Qual é a margem de lucro ideal para restaurantes?

Não há um número padrão para responder a esta pergunta. A margem de lucro ideal para o seu restaurante dependerá de quanto você gasta nele. E também não há lucro de 100%, porque você sempre gasta alguma coisa, mesmo que seja só a mão de obra.

O que dizem os especialistas é que a margem de lucro é de pelo menos 20%, mas alguns fatores podem inviabilizar o alcance dessa taxa. Lembre-se de que a decisão sobre quanto será sua margem de lucro não deve ser aleatória. É necessário pesquisar a média do mercado com seus concorrentes.

E não se esqueça: as margens variam de produto para produto, o que torna necessário um cálculo individual.

Como calcular a receita potencial do restaurante?

A quantidade de receita que seu novo restaurante irá gerar depende de dezenas de fatores, incluindo sua localização, os preços do seu menu, seu conceito e o número de mesas que você tem.

E para conseguir as respostas para essas perguntas você precisa de um sistema de gestão que te entregue todos os seus números de forma simples e prática para você tomar decisões mais assertivas, conseguindo assim projetar a abertura de uma novo restaurante.

Qual é a receita média de um novo restaurante com menos de 12 meses?

Como tudo no setor de restaurantes, a receita média varia enormemente entre os tipos de restaurantes, regiões, tamanhos e modelos de serviço. Um restaurante fast-food e um estabelecimento gastronômico são modelos de negócios tão diferentes que é difícil comparar um com o outro.

A melhor maneira de calcular aproximadamente o que você pode esperar de receita é perguntar a seus colegas que têm estabelecimentos semelhantes - o mesmo conceito, na mesma área, com capacidade e estilo de menu semelhantes.

Uma filial de um restaurante que já existe em outros lugares, pode ter uma receita um pouco maior do que um novo porque a marca já é conhecida e confiável em uma comunidade, mas este é um bom número para trabalhar como uma média - porque este benefício poderia ser compensado por solavancos inesperados na estrada.

Receita média do restaurante para um segundo local

Se você está abrindo um segundo local e não começando do zero, está é uma vantagem: você já sabe quanto de receita seu primeiro local traz e está familiarizado com os fatores que podem impactar a receita, como sazonalidade, eventos ou ocorrências inesperadas (como uma pandemia).

Caso seu objetivo seja abrir um novo local, investir em novos equipamentos ou apenas gerenciar o fluxo de caixa nos próximos meses, certifique-se de ter uma fonte confiável de financiamento para tornar seus sonhos realidade.

A melhor maneira de estimar quanto seu novo restaurante ou novo local trará é calcular a receita mensal do seu restaurante e, em seguida, calcular a capacidade de 75% do seu negócio, porque isso é o que você pode esperar no primeiro ano de negócios.

Como aumentar a margem de lucro do meu restaurante?

Tem várias maneiras de aumentar a margem de lucro do seu restaurante e com medidas simples. Veja algumas dicas que preparamos para você:

  • Corte de custos: É possível conscientizar toda a equipe e passar a gastar menos com algumas contas do tipo água e luz, por exemplo. Outras medidas simples como a instalação de torneiras automáticas também pode ajudar na economia a longo prazo do seu estabelecimento.
  • Marketing: Na medida em que você calcula uma margem de lucro e percebe quais são os produtos mais bem vendidos, você pode passar a investir mais na divulgação desses produtos.
  • Diferencial: Ter um diferencial como o cardápio digital no seu restaurante, hoje em dia, é ótimo para aumentar sua margem de lucro, pois não apenas atrai os clientes pela inovação e tecnologia usada, mas o próprio dispositivo do cardápio torna possível o uso de fotos e descrições criativas, fazendo com que os clientes desejem consumir mais e, consequentemente, gastem mais.
  • Ofereça um cardápio variado: O carro-chefe de qualquer restaurante é sem dúvidas o cardápio. As pessoas gostam de contar com diversas opções de escolha e estão dispostas a pagar um pouco mais para se alimentar melhor. Sendo assim, se você pretende aumentar o faturamento do seu  restaurante é muito importante investir em um cardápio variado.
  • Ofereça pratos de qualidade: O melhor marketing para qualquer negócio é a indicação. Preocupe-se em oferecer aos seus clientes uma experiência gastronômica diferenciada. Cada refeição deve ser preparada com todo o carinho e dedicação. Afinal, clientes satisfeitos com os pratos oferecidos tendem a retornar mais vezes e acabam indicando o estabelecimento para outras pessoas, contribuindo para o aumento do seu faturamento.
  • Esteja bem localizado: A localização também pode interferir diretamente no sucesso do seu negócio. Procure instalar o seu restaurante em regiões movimentadas de sua cidade. Em geral, cada cidade possui regiões conhecidas por oferecer uma boa variedade de restaurantes.
  • Prepare um ambiente agradável: Ao visitar o seu restaurante as pessoas precisam sentir-se confortáveis. Assim, elas acabam ficando por mais tempo no ambiente e, portanto, consomem mais, aumentando assim o ticket médio. Vale a pena investir um pouco mais na arquitetura e nos detalhes que compõem a decoração do ambiente.
  • Invista na gestão do seu restaurante: (Essa é a melhor de todas) Tenha o controle completo do seu negócio, sem complicações. Invista em um sistema de gestão suave para o seu restaurante e tenha tudo o que você precisa na palma da sua mão.

Com uma gestão suave fica muito mais fácil para entender cada detalhe do seu negócio, encontrar pontos de melhoria e alavancar o crescimento e as vendas, através de estratégias assertivas e baseadas em dados e informações mais precisas.

Controle financeiro: Faturamento, margem de lucro, contas a pagar e a receber, indicadores, relatórios, robô de notas e área do contador.

Controle de estoque: Controle de entradas e saídas de mercadorias, inventário e relatórios.

PDV e Balcão: Oferece maior comodidade e agilidade no atendimento aos seus clientes através de um sistema ágil, simples de usar e acessível em qualquer dispositivo móvel.