FIM DO UBER EATS PARA RESTAURANTES ABRE OPORTUNIDADES PARA O DELIVERY PRÓPRIO

Diversos restaurantes estão investindo em ter o próprio aplicativo de delivery para não ficarem reféns dos marketplaces.

FIM DO UBER EATS PARA RESTAURANTES ABRE OPORTUNIDADES PARA O DELIVERY PRÓPRIO


A notícia que já se espalhou por todos os cantos: Uber Eats anunciou fim da modalidade de delivery para restaurantes no Brasil, a partir do dia 8 de março.

O comunicado oficial deixou claro que os clientes da plataforma de delivery não vão ter mais a opção de pedir refeições em restaurantes e lanchonetes.

E pegou de surpresa muitos donos de restaurantes pelo Brasil, principalmente os que contam apenas com a plataforma para ofertar o serviço de entregas aos seus clientes.

Continue lendo para saber mais detalhes sobre essa notícia!

A decisão da Uber Eats em encerrar o delivery de refeições no Brasil


Segundo a Uber, a decisão de encerrar as operações trata-se de uma mudança de estratégia para focar em outros nichos de entrega. O serviço de delivery continuará funcionando para entregas de supermercados e lojas.

Continuaremos com uma ampla e diversa oferta de produtos e serviços, como intermediação de entrega de compras de supermercados, lojas especializadas, conveniências, pet shops, floriculturas, farmácias e outros produtos, investindo sempre para oferecer a melhor experiência possível para facilitar o seu dia.

Previsto para acontecer no próximo dia 8 de março, a desativação já começou pela inviabilização de pagamentos em dinheiro no aplicativo. De hoje até a data, a plataforma só irá aceitar transações por PIX ou cartão de crédito e débito para pedidos de delivery.

Em nota oficial aos usuários, a companhia escreveu que tomou a decisão para reforçar a ligação e concentrar os esforços para oferecer a melhor experiência na entrega de itens de conveniência e mercado via plataforma Cornershop by Uber.

Além das entregas para lojas e supermercados, a empresa também pretende focar no Uber Direct, versão corporativa do app que permite a entrega dos mais diversos tipos de produtos em alguns minutos, por meio da rede de motoristas e entregadores parceiros da Uber.

A Uber Eats é um dos principais marketplaces que operam com delivery terceirizado no mercado de food service brasileiro. Ao lado da Rappi, representava concorrência direta com o iFood no país.

A empresa não detalhou as razões para a descontinuidade do serviço de delivery de restaurantes. No entanto, a reportagem do site do Valor Econômico atribui a decisão à forte concorrência imposta pelo iFood.

No Brasil, o mercado de delivery por aplicativos terceirizados é dominado pelo iFood, que detém 80% dos restaurantes que trabalham com esse modelo de entrega, segundo levantamento de setembro da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

E com o encerramento do Uber Eats, a grande preocupação de donos de restaurantes é a perda de competitividade com essa saída.

Por exemplo, um sinal disso foi quando o Uber Eats e a Rappi entraram com uma reclamação contra os contratos de exclusividade entre o iFood e os restaurantes. Após isso, o iFood foi proibido de realizar tais tipos de contratos.

Então, agora há um receio entre donos de restaurantes em ter apenas duas empresas de marketplaces dominando esse setor.

A Uber garante suporte aos restaurantes parceiros durante esse período de mudanças, mas afirma que a escolha de um outro aplicativo de delivery é única e exclusivamente de responsabilidade do próprio estabelecimento.

É possível acessar todas as informações do comunicado e tirar as principais dúvidas através da publicação feita pela empresa.

Conheça 3 alternativas de aplicativos de delivery terceirizado

Felizmente, existem outras opções de delivery de restaurantes e lanchonetes que estão ativas em diversos estados brasileiros. Com a saída do Uber Eats, os restaurantes parceiros da empresa terão que buscar alternativas para oferecer o serviço de entrega de refeições em casa.

Os marketplaces são uma ótima ferramenta de marketing para abrir possibilidades para estabelecimentos que estão apenas começando suas atividades ou restaurantes que ainda não podem arcar com o custo de iniciar seu próprio serviço de delivery.

Ajudam a expandir o alcance do seu negócio para clientes que você nunca teria alcançado de outra forma, tornando seu produto e serviço mais acessíveis e aumentando suas vendas.

Mas, antes de se decidir é necessário ter ciência dos diferentes custos e regras que cada plataforma e aplicativo carregam. Se você optar por trabalhar com um fornecedor de delivery terceirizado, é padrão que ele receba uma porcentagem de cada pedido que enviar para você.

Veja alguns dos principais aplicativos de delivery de restaurantes que atuam no Brasil:

iFood

Atualmente, o iFood é o aplicativo de delivery de comida mais usado ao redor do Brasil e um dos pioneiros da área. O serviço está disponível em milhares de cidades, com mais de 270 mil restaurantes parceiros e 200 mil entregadores ativos.

A plataforma também oferece delivery de supermercados, distribuidoras, padarias, hortifrútis, pet shops e outras lojas especializadas. O aplicativo do iFood está disponível para download em dispositivos Android e iOS, mas também é possível realizar pedidos no site oficial.

Rappi

Apesar de não ser o mais usado no Brasil, o Rappi é um dos mais usados ao redor do mundo, pois está presente em 8 países. O aplicativo foi um dos primeiros do Brasil a permitir compras em supermercados e outras lojas especializadas, inclusive, oferece mercados atacadões.

O aplicativo disponibiliza a opção de pagamento Rappi Pay para os usuários mais assíduos. Os pedidos podem ser realizados em dispositivos Android e iOS, ou no site oficial.

99Food

O 99Food, um braço da empresa de corridas 99, está em expansão e deve aproveitar a retirada de restaurantes e lanchonetes do Uber Eats. Atualmente, o serviço está disponível em 59 municípios e possui 113,4 mil estabelecimentos cadastrados, chegando para ser uma das fortes concorrentes do mercado.

O 99Food pode ser encontrado em lojas de aplicativos em smartphones Android e iOS.

Delivery Próprio: uma alternativa às altas taxas de aplicativos terceirizados


Diversos restaurantes estão investindo em ter o próprio aplicativo de delivery para não ficarem reféns dos marketplaces. Uma alternativa em que donos de restaurantes estão aderindo cada vez mais.

Isso, porque os sites e aplicativos próprios oferecem maior liberdade e independência para os restaurantes. Inclusive, mais possibilidades de lucrar.

Criar e operar seu Delivery Próprio traz maior controle sobre a experiência do usuário. E uma garantia que você terá, é que seus clientes irão desfrutar da mesma experiência de alta qualidade e sabor de quem opta por ter as refeições no local, mas no conforto de casa.

A escolha por desenvolver um sistema de Delivery Próprio para o seu restaurante envolve uma análise cuidadosa, com orçamento e planejamento. Por isso, dê preferência a um sistema que facilite a sua vida e proporcione indicadores para saber sobre o desempenho do seu negócio.

Com Yooga, o seu restaurante pode ter um site e aplicativo próprios, sem pagar taxas sobre as vendas e com soluções para otimizar o seu delivery. Ainda, você pode receber pedidos integrados ao sistema de gestão, de forma prática e suave.

  • Um novo canal de vendas;
  • Atendimento mais seguro e direto aos seus clientes;
  • Maior autonomia para os seus clientes realizarem os pedidos;
  • Maior lucratividade.

Em 2021, bares e restaurantes transacionaram mais de R$1 milhão em pedidos através do Delivery Próprio da Yooga e economizaram R$3,5 milhões em taxas.

Com o Delivery Próprio da Yooga, seu restaurante tem:

1# Cardápio digital

Cardápio personalizado on-line, com as fotos e as descrições dos produtos do seu restaurante. Seu cliente registra o pedido sem baixar nenhum aplicativo e você faz o acompanhamento através do Gerenciador de Pedidos.

2# Gerenciador de pedidos

Receba todos os pedidos em um só lugar com uma gestão integrada. As entradas são facilmente direcionadas para a cozinha e para a entrega. Atenda o delivery sem falhas e dentro do prazo.

Seus clientes também podem agendar data e horário da entrega, de acordo com as particularidades que você definir.

3# Cupons de desconto

Venda muito mais criando cupons exclusivos e segmentados para atrair mais clientes no seu delivery. As promoções são automaticamente calculadas na hora de fechar os pedidos.

4# Programa Fidelidade

Descontos ou brindes personalizados nas próximas compras dos seus clientes, mantendo eles fidelizados ao seu restaurante. Conecte-se com eles e garanta o retorno ao seu estabelecimento.

5# Pagamento on-line

Facilidade para seus clientes na hora de pagar, praticidade para você na hora de receber. Tenha transações 100% seguras com Yooga Pay.

6# Chat em tempo real

Tenha um canal direto com os clientes que efetuaram os pedidos de entrega. Para observações sobre determinado produto ou status do pedido, faça em tempo real com o Delivery Próprio.

7# Raio de entrega personalizável

Defina as regiões de entrega, com recortes personalizados de áreas no mapa, estabelecendo limites de bairros ou cidades. E indique a taxa de entrega de acordo com as regiões definidas ou a distância. Tenha todo o controle das entregas à sua mão!

8# Integração com marketplace

Receba todos os pedidos de marketplaces diretamente no seu Gerenciador de Pedidos. A integração Yooga permite você acompanhar em tempo real o pedido, a produção e a entrega até o seu cliente.

Além disso, a Yooga tem atendimento de suporte 24h, não tem nenhum custo de instalação e nem multa para cancelar. Ainda, cadastramos o seu cardápio.

Yooga é ideal para você que quer tornar o seu dia a dia de gestão mais suave e e prático. Para isso, investimos diariamente em boa soluções para o sistema e novas soluções também para 2022.

Você ainda tem dúvidas em como o Delivery Próprio pode aumentar a sua lucratividade e fazer você vender muito mais? Faça o teste de 7 dias gratuitos da Yooga.

#VemPraYooga